ENDOSSO DE TÍTULOS
ENDOSSO DE TÍTULOSEndosso é a transferência de direitos de crédito a um terceiro (endosso translativo) ou simplesmente autorização para um terceiro fazer a cobrança em nome do credor (endosso mandato).

Qualquer título de crédito poderá ser objeto de endosso.

Espécies de endossos:

1) Endosso translativo: Endosso pelo qual alguém transfere os direitos de crédito a um terceiro.

Consequências: A pessoa que recebe o endosso em seu favor torna-se credor (favorecido) do título de crédito.

Ex: Descontar um cheque ou duplicata.

Se alguém descontar um cheque em seu favor, exija o endosso translativo em seu favor ou de sua empresa no verso do título. Só assim ele estará apto a protesto.

O endosso translativo, por sua vez, pode ser de duas espécies:

a) Endosso translativo em branco: consiste na simples assinatura do favorecido no verso do título, sem a indicação de um nome específico, de modo que o título fica "ao portador".

Exemplo de endosso translativo em branco:

http://www.segundoprotestosbc.com.br/sbc/imagens/cheque_endosso.gif

No endosso ilustrado acima, Eduardo Augusto da Costa & Cia Ltda era o credor e, ao assinar seu nome no verso do cheque, transferiu este crédito ao portador, isto é, a qualquer pessoa que apresentar o cheque.

b) Endosso translativo em preto: há indicação específica de quem é o novo credor do título, de modo que o título fica nominal a quem o recebe.

No exemplo acima, caso Eduardo Augusto da Costa & Cia Ltda fizesse um endosso translativo em preto, teria colocado os seguintes dizeres no verso do cheque. " Pague-se a "Fulano de Tal", + assinatura de "Eduardo Augusto da Costa & Cia Ltda".

Da Cláusula Não a Ordem

Em havendo "Cláusula Não a Ordem", o título não poderá ser endossados. A cláusula "não a ordem" impede a transferência do título à outra pessoa.

A menção no verso do título será: "Pague-se a "Fulano de Tal", não a ordem."

2) Endosso mandato: trata-se, na verdade, de uma procuração que o credor outorga a um terceiro, para fins de cobrança. Isto é, o endosso apenas autoriza alguém a receber o crédito em nome do credor, sem transferir este crédito a terceiros. É muito utilizado pelo comércio para fazer uso do sistema de cobrança bancária, possibilitando a instituição financeira fazer a cobrança em nome de seu cliente.

Conseqüências: O credor ( favorecido) não se confunde com a figura do portador (procurador) do título de crédito.

Será um endosso sempre em "preto", uma vez que indicará o nome da instituição financeira a quem se deve pagar o valor em cobrança.

Exemplo: "Pague-se o valor em cobrança para (nome da instituição financeira.

Exemplo de Endosso Mandato:

http://www.segundoprotestosbc.com.br/sbc/imagens/dupli_endosso.gif

Você pode, também, protestar "Indicação" de Duplicata.

Se você receber "por endosso" uma duplicata, exija os documentos comprobatórios de venda/compra/entrega das mercadorias/serviços.Nesse caso você
será o "endossatário".

Como preencher o formulário de protesto nos casos de endosso:

A pessoa que recebeu o endosso translativo em seu favor figurará como "credor" no formulário de protesto.

A pessoa que recebeu o endosso mandato constará como apresentante do título a protesto.

Pagamento dos títulos endossados:

Na hipótese de pagamento em cartório de títulos endossados, seja endosso translativo ou mandato, o cheque administrativo ou visado será nominal a quem recebeu o endosso em seu favor (endossatário), e nunca em favor do endossante.
Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados.